29 de outubro – Dia nacional do Livro

Separe tempo diário para o livro e a leitura e, não negocie este momento

Por: Elóide Botelho (CPR 09-3124)

Dos primeiros registros gráficos feitos em papiro no mundo antigo, ao modelo digital no mundo contemporâneo, o livro tem sido essencial no desenvolvimento da humanidade, em diversos sentidos, propósitos e finalidades.

Ele serve como registro documental ou memorial do passado de uma sociedade, permite a esta registrar a sua história em tempo real, bem como estabelecer prospecções e projeções futuras. Da criança ao idoso, da literatura e lazer ao universo científico, o livro tem uma infinidade de funções, categorias, formatos, ilustrados ou não atendendo a interesses, faixas etárias, níveis sociais e acadêmicos diversos e específicos, conforme a cultura e o valor que cada povo e nação dá ao mesmo.

A importância do livro é de alcance universal e atemporal, sendo ele um dos recursos essenciais e indispensáveis para a nossa alfabetização, formação acadêmica, aperfeiçoamento pessoal e profissional, visando o aprimoramento do nosso vocabulário, a estruturação e organização do nosso pensamento, a estimulação da nossa criatividade, a ampliação do nosso raciocínio, da interpretação de um texto e demais competências cognitivas-emocionais, que nos permite aprimorar e sofisticar as habilidades essenciais: ouvir, falar, ler e escrever.

Presentes nas escolas, universidades, instituições religiosas, repartições e empresas públicas e privadas e, tantos outros lugares, por vezes, os livros nem sempre são adequadamente utilizados por um universo de espaços e pessoas, incluindo os nossos lares, onde os mesmos deveriam ser altamente celebrados e principalmente, diariamente manuseados. Dentre os tantos tesouros que devem ser presença diária em nossas casas, o maior deles, a Palavra de Deus, o LIVRO DOS LIVROS.

É com este propósito que se comemora no Brasil, em 29 de Outubro, o DIA NACIONAL DO LIVRO. A intenção por meio desta data, é chamar a atenção de toda a sociedade brasileira para a importância de valorizamos a leitura e o livro seja impresso ou digital e nos estimularmos uns aos outros, em casa, na escola, no trabalho em todos os lugares, ao apego e ao conhecimento que nos transforma e promove o nosso desenvolvimento com pessoa, comunidade e nação.

Conhece-se o nível e a grandeza de uma pessoa, de uma família, de uma comunidade, de uma sociedade e nação, conforme a natureza do vínculo e do uso diário que fazem do livro e da leitura intencional e disciplinada. Uma cultura e um povo forte, jamais se estabelecerá sem a permanente prática da leitura de qualidade.

Neste sentido, infelizmente, há livros que jamais deveriam existir por promoverem o mal, a violência, o desrespeito, a guerra, etc. E, todos nós precisamos agir para evitar que um recurso tão antigo e atual, valioso sem igual, seja usado para subtrair as pessoas, os povos e as civilizações.

Reflita: O Livro e você

Que valor tem o livro para você? Ao longo de sua jornada estudantil, pessoal e profissional, qual a contribuição do livro e da leitura para o seu desenvolvimento global? Que tipo de literatura você mais se identifica? Você tem o hábito de ler diariamente? Tem facilidade para ler? Neste semestre, quantas páginas você vem conseguindo ler por dia ou por semana? Quantos e quais livros você já leu neste ano? Quanto tempo de uso inútil do celular poderia ser usado para uma leitura de boa qualidade? Você tem o hábito de ler diariamente a Palavra de Deus? Tem o hábito de compartilhar as suas leituras? Participa de algum clube de leitura? Já fez algum curso para aperfeiçoar esta habilidade?

Que a sua auto avaliação seja satisfatória e encorajadora para você continuar progredindo cada vez nesta maravilhosa arte. E, se por algum motivo ou razão, você esteja encontrando dificuldades desenvolver o hábito diário da leitura, veja como pode encontrar maneiras e estratégias de superar estes desafios e obstáculos. Mas, tome a firme decisão de não desistir. Se precisar de ajuda, não hesite, busque-a agora mesmo. Vamos todos, nos incentivar mutualmente para que possamos aprender a ler e praticar a leitura como jeito saudável de ser e viver, sendo inspiração para as pessoas, sobretudo, as crianças, os adolescentes e os jovens.

Que este movimento seja permanente, ultrapassando o dia alusivo a este valioso recurso.  E, que o seu livro de cabeceira, seja a Escritura Sagrada, o LIVRO DOS LIVROS. Separemos tempo diário e individual para o livro e a leitura e, jamais negociemos este momento com nada menos valioso que esta oportunidade.

Compartilhe esse post

Dúvidas? Ajuda? Fale Conosco!

Ficaremos felizes em ajuda você. Contate-nos

Mais Posts

Quer fazer uma Consulta?

Click no botão abaixo